domingo, 31 de outubro de 2010

Mas aí...

Mas aí outro alguém chegou e enxugou as lágrimas que você deixou...

E com o tempo...

E com o tempo fiquei mais seletiva, aquelas amizades fúteis que eu tinha já não me interessam mais, as músicas ruins não me completam e o amor, o amor só se for real.

sábado, 23 de outubro de 2010

Queria poder...

Queria poder voltar no passado e dizer a mim mesma o que eu sei agora.

Se eu pudesse...

Seu eu pudesse voltar o tempo voltaria para aquele momento...

Se ser forte...

Se ser forte significa ignorar a dor mesmo quando isso te corrói por dentro, então eu sou mais forte do que voce pode imaginar...

Um simples...

Um simples gesto seu pode mudar o meu dia...

Garotas que....

Garotas que choram por saudade; batem por maldade e se arriscam por coragem..
Garotas que fazem o que tem vontade :)

Carente de você...

Carente de você, só de você, e ninguém mais pode suprir essa falta que você me faz.

Não consigo...

Não consigo te tirar do meu pensamento...o que que eu faço pra te ter aqui por um momento?

Agora só o que resta...

Agora só o que resta no meu coração é a dor de um vazio. Um vazio que nunca fora habitado, que apenas havia sido reservado pra você. O melhor que poderia te oferecer, mas que recusou porque seu ego não caberia aqui.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Eu viajei no seu olhar...

Eu viajei no seu olhar, no teu sorriso, nos teus segredos, eu descobri o que amar pelo toque dos seus beijos...

Onde aprender...

Onde aprender a odiar para não morrer de amor?

Não aprendi...

Não aprendi dizer adeus, mas tenho que aceitar que amores vem e vão...

Se o meu destino for...

Se o meu destino for você a gente ainda vai ser ver, e se o amor nos esperar, a gente ainda vai se amar.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

E do jeito que tiver de ser...

E do jeito que tiver de ser, será, só Deus muda as coisas de lugar. nem tudo que se perde tem valor, nem tudo que é bonito é amor, o que passou, passou, não voltará. e o que tiver de vir, virá!

Uma vida sem amor...

Uma vida sem amor é uma vida sem sentido,
estarei feliz aonde for
se você estiver comigo!

Pode passar mil anos...

Pode passar mil anos, você vai me amar, e eu vou ser pra sempre sua(seu).

domingo, 17 de outubro de 2010

Uma coisa me entristece...

Uma coisa me entristece:
o beijo de amor que não roubei
a jura secreta que não fiz
a briga de amor que não causei ...

O que estou fazendo errado?...

Apenas não sei o que estou fazendo errado...
O que eu posso fazer para fazer você me amar?
O que eu posso fazer para fazer você se importar?
O que eu posso dizer para fazer você sentir isso?
O que eu posso fazer para ter você lá?
E eu apenas deixei ir...
e quem sabe eu possa me sentir melhor
se não tentar e não esperar
talvez não tenha mais nada a dizer
porque o poder não é meu.

Por isso...

Eu te amo, por isso te liberto. Pois mais vale o teu sorriso longe do meu rosto do que suas lágrimas molhando o meu ombro..

Quando te vi...

Quando te vi pela primeira vez não sabia que seria tão forte assim e até agora tento entender o porque de não conseguir te esquecer.

Qual é o teu segredo?...

Qual é o teu segredo?
Do que você tem medo?
Não sou nenhum brinquedo que pode
se quebrar...
Me dê algum motivo
por não estar contigo
Amar é muito fácil,
Dificil é esquecer...

Preciso dizer que te amo

Me dá um medo, que medo
eu preciso dizer que eu te amo
te ganhar ou perder sem engano
e eu preciso dizer que eu te amo tanto
e até o tempo passa arrastado
só pra eu ficar do teu lado...
eu já nem sei se eu tô misturando
eu perco o sono...
lembrando cada riso teu...
Eu preciso dizer que
eu te amo, Tanto!!!

Se eu soubesse antes...

Se eu soubesse antes o que sei agora, erraria tudo exatamente igual.

Tenho amor...

Tenho amor incondicional pelas pessoas que entram em minha vida e sinceramente, não sei o quanto isso é bom nos dias atuais. Talvez esse seja meu pior defeito.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Que o tempo...

Que o tempo passe devagar enquanto eu te fizer sorrir.

A garota dos teus sonhos...

Eu sei que não sou a garota dos teus sonhos, você não sonharia tão alto.

Inveja...

Não grite sua felicidade, pois a inveja tem sono leve.

Tentei...

Olhei, gostei, amei, sofri, errei e te perdi...Mas tentei...

Os dias...

Os dias lembram alguém que nunca sai da mente, as horas vão seguir desnecessariamente.

Livre...

Livre pra poder sorrir, livre pra poder buscar o meu lugal ao sol.

Metade...

Não me alimento de quases não me contento com a metade. Não serei sua meio amiga e nem te darei meu quase amor, é tudo ou nada. Não existe meio termo.

Quanto tempo nessa vida...

Quanto tempo nessa vida você acha que precisa pra aprender que o tempo não te dá chance de tentar outra vez? É melhor a gente dar valor, dar carinho, demonstrar amor quando tem chance. Depois vai sentir falta e vai querer reviver...

Nem todo o azul do mar...

Nem todo o azul do mar, nem a luz do luar tem o infinito que tem no seu olhar.

Mas na vida...

Mas na vida todo fim é apenas um novo começo.

Meu último desejo...

Realize meu último desejo e me deixe apenas abraçá-lo(a).

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

As lágrimas...

Jamais desconsidere a maravilha das suas lágrimas. Elas podem ser águas curativas e uma fonte de alegria. Algumas vezes são as melhores palavras que o coração pode falar.

William P. Young - A Cabana

As pessoas têm o direito...

As pessoas têm o direito de não gostar do meu jeito, mas às vezes gostam tanto que levam um pouco dele com elas. O meu amor eu guardo para os mais especiais. Não sigo todas as regras e às vezes ajo por impulso.. Erro; admito. Aprendo; ensino.. Todos erram um dia: por descuido, inocência ou maldade. As pessoas julgam, eu julgo. Não sou qualquer um(a), tenho meus limites e respeito meus sentimentos. Mudo de opinião, mas não de princípios.

Tudo bem...

Tudo bem se não deu certo eu achei que nós chegamos tão perto. mas agora com certeza eu enxergo, que no fim eu amei por nós dois.

Não sei o que sinto...

E não sei o que sinto, não sei o que quero sentir, não sei o que penso nem o que sou. verifico que, tantas vezes alegre, tantas vezes contente, estou sempre triste.

Fernando Pessoa, O Livro do Desassossego